• Página Principal
  • Blog
  • Quem é o Líder Digital e porque sua empresa precisa focar no desenvolvimento digital da sua liderança?

Quem é o Líder Digital e porque sua empresa precisa focar no desenvolvimento digital da sua liderança?

O líder digital é aquele que se adapta, inspira e transforma com facilidade. Com o mundo passando por tantas transformações, em tão pouco tempo, a liderança da sua empresa possui um papel ainda mais fundamental e estratégico nesse ambiente de mudanças.

A transformação digital é iminente e a importância da liderança é clara. Através de um racional inovador e digital uma empresa pode alcançar novos patamares, enquanto aquelas que não se adaptarem podem fechar suas portas rapidamente. E é exatamente por isso, que hoje em dia, empresas possuem uma grande oferta de capital no incentivo a transformações voltadas à inovação.

A contratação de um CEO com mindset digital é pauta quente no momento, porém, se a liderança que o apoiará não possuir as competências e maturidade digital necessárias desenvolvidas, o desafio encontrado pelo novo CEO será muito maior do que o necessário.

Por isso, é tão importante desenvolver as lideranças enquanto transformamos nossos modelos de negócio e assim trazer todos para uma mesma página e direção ao mesmo objetivo.

Agora, talvez você se pergunte – “mas afinal de contas, quem é o Líder Digital exatamente?”

O líder digital precisa funcionar em uma velocidade maior, atrair, inspirar e reter os talentos que vão conseguir entregar a proposição de valor da empresa (desafio grande, uma vez que esses talentos são muito disputados no mercado).

Para que isso aconteça é preciso que esse líder possua um determinado set de competências e habilidades digitais e inovadoras. Para que fique mais claro, vou listar algumas dessas competências e habilidades.

COMPETÊNCIAS:

  • Growth mindset
  • Inovação
  • Colaboração
  • Coragem
  • Habilidade de aprendizado
  • Estímulo ao aprendizado
  • Pensamento crítico
  • Inteligência emocional
  • Abertura para mudança
  • Capacidade para liderá-las
  • Empreendedorismo
  • Customer centricity
  • Liderança ágil e humanizada

 HABILIDADES:

  • Adeptos da cultura digital.
  • Valorizam o impacto da tecnologia e inovação em seu dia a dia e no do negócio.
  • São pessoas que possuem uma identidade digital e utilizam de subterfúgios digitais como as redes sociais, para influenciar mais e melhor.
  • Fazem uma boa gestão da informação.
  • Desenvolvem networking dentro e fora do ambiente digital.
  • Possuem gosto por aprendizagem contínua.
  • Possuem uma insatisfação inspiradora e que sempre busca o melhor.
  • Incentivam a cultura do erro.
  • Possuem hábitos digitais saudáveis, são pessoas que cuidam da parte de segurança digital.
  • Apaixonados por automatizar processos e utilizar ferramentas a serviço da otimização.

Essas são algumas das competências e habilidades que essa liderança mais vinculada com o digital apresenta no dia a dia e que geralmente são admiradas e fazem com que esse líder consiga ser um diferencial na empresa. É importante notar que isso não tem a ver com a idade e sim com o mindset.

E agora, quais os impactos reais dessa liderança para pessoas e organizações?

Para pessoas:

  • Estimula e constrói um local de trabalho aberto.
  • Tem um papel de challenger.
  • É aquela liderança que desafia o status quo.
  • Inspira pensamento crítico e inovador, com um direcional para resultados.
  • Agrega mais valor para cliente, colaborador, acionista e sociedade.


Para a organização:

  • Traz mais eficiência aos processos.
  • Gera uma maior capacidade de reinventar-se.
  • Estimula resiliência corporativa.
  • Possibilita novos modelos de negócio.
  • Inclui a diversidade fomentando inovação.

Resumidamente, o líder digital é uma pessoa ágil que consegue lidar com cenários de complexidade e ambiguidade. Gente que consegue tomar risco, não desiste e possui um espírito empreendedor. É colaborador e não tem medo de dividir informação, pois, entende que quanto mais a informação é dividida, mais rápidas as soluções e ideias surgem e que o cenário de co-criação potencializa processos e resultados.  Essas são algumas das competências que fazem com que ambiente e empresa funcionem melhor.  

Qual o papel da EXEC nesse contexto?

Atentos às necessidades do mercado, nós do time de Leadership Advisory, aliamos nosso know how a uma série de Assessments e técnicas diferenciadas que nos possibilitam desenvolver a liderança, com base em dados palpáveis.

Alguns deles são:

  1.  Assessments
    “Assessment de Competências do líder digital” e o “Assessment da Consciência digital 4.0”.  
    O ideal é aplicarmos os dois juntos para que possamos mapear de uma forma um pouco mais abrangente tanto as competências quanto as habilidades de um líder que precisa fazer e incentivar a transformação digital dentro de uma companhia.

  2. Inventários comportamentais Hogan
    Utilizamos ferramentas como os inventários, HPI HDS o MVPI. Que nos ajudam a entender traços, o comportamento desses líderes sob pressão, suas motivações, valores e interesses.

  3. Entrevista por competências
    Este é o método que tem como premissa que, mensurar o comportamento passado pode ajudar a prever o comportamento futuro. Através de cases a pessoa que passa pelo assessment conta como lidou com situações complexas.

  4. Avaliação 360º.
    Feita pelos gestores, pares, subordinados e pelos clientes, sempre falando das competências digitais.

  5. Instrumentos de avaliação cognitiva: Inventários que normalmente medem cognição e tem como output a velocidade de aprendizagem (Learning agility).

Esse conjunto de instrumentos nos ajudam a mapear e medir as competências e habilidades desenvolvidas. A partir desses dados conseguimos formular um plano de desenvolvimento digital individual para cada líder avaliado ou grupal, por exemplo, os reports diretos de um Presidente.

Em suma, no século XXI, existe um mar de tecnologias disruptivas para se utilizar, o “ponto chave” não está nessas tecnologias e sim na habilidade de conhecer, se adaptar e entender como elas podem agregar de maneira estratégica e inovadora para pessoas e negócios. Esse papel é humano e quem exerce é a liderança.

Nós da área de Leadership Advisory da EXEC estamos preparadas para avaliar, medir e desenvolver sua liderança. Entre em contato conosco!

Cintia Bortotto – Sócia EXEC